Peugeot 208 e o novo motor 1.0 2023

Fruto da associação com a Fiat e com a Stellantis, além de perspectiva de solução do problema, que não é pequeno, de recuperar imagem e vendas das marcas francesas

A novidade da Peugeot é o novo 208 1.0 2023, fruto da associação com a Fiat e com a Stellantis, além de perspectiva de solução do problema, que não é pequeno, de recuperar imagem e vendas das marcas francesas que entraram no negocio, Peugeot e Citroen. O motor 1 ponto zero que faz parte do nome é o que equipa o Argo, o já conhecido Firefly, de 3 cilindros aspirado, já erado de 5 anos mas dono de um inteligente conceito tecnológico que reduz custos de fabricação e de consumo. Não foi tirar o motor de um lado e por no outro, houve ajustes no cofre do motor, escape, coxins e semieixos etc mas a vantagem veio, clara e estratégica, no custo. A surpresa no lançamento foi o preço, 72.990 a versão Life, a mais em conta, e 79.990 a Style, anunciada como a versão mais completa do segmento. De fato, ficou competitivo e em condições de melhorar o desempenho comercial da marca.

Com o motor do Argo e equipamentos de carro premium, hatch quer honrar história do 206 Mesmo com SUVs e mais SUVs, o mercado brasileiro ainda é dominado pelos hatches compactos em volume. Dentro do segmento, os com motores 1.0 ainda são os favoritos principalmente pelos preços, normalmente como as opções de entrada nos catálogos, e também pelas vendas diretas e aos que procuram a eficiência dos aspirados.  Depois de 16 anos, a Peugeot volta a oferecer um motor 1.0 na linha 200. Até 2006, o 206 utilizou o 1.0 16v da Renault e criou um volume para o hatch compacto, era de ouro da empresa no mercado brasileira. Com o novo Peugeot 208 1.0, dessa vez com um motor Fiat, a francesa quer voltar a estes bons tempos e, convenhamos, tem boas chances de conseguir.

Anuncie aqui
bannerads_neder

Rodas e Motores – revista eletrônica que veicula matérias jornalísticas sobre automóveis e motocicletas em sua mais ampla abrangência.

Contato

FACEBOOK