Os efeitos da crise de veículos no Brasil

Em 2014, sob os efeitos plenos da crise que se abateu fortemente sobre o negocio de veículos no Brasil, Sergio Habib, no lançamento do primeiro suv da Jac em São Paulo, avaliava os prejuízos provocados pela  crise e, exibindo números, antevia que a recuperação só viria em 12 a 15 anos. Agora, previsão da Bright Consulting, empresa especializada em consultoria de negócios, projeta apenas para 2025 a retomada das vendas das industrias de veículos aos níveis de 2013, pouco diferente do que Habib previu 5 anos atrás. A novidade da Bright é que, se o mercado continuar reagindo como nos últimos 3 anos, a recuperação poderá chegar em 2022 ou 2023, dois anos antes, mas dependendo da própria recuperação econômica do pais com reformas e privatizações. Trocando em miúdos, com a crise, o pais perdeu 13 anos…

Anuncie aqui
bannerads_neder