Mercedes apresenta novo caminhão off-road no Brasil, o Arocs 8×4

O inédito extrapesado basculante é indicado para mineração, construção civil pesada e grandes obras de infraestrutura
Mercedes-Benz Arocs

Por Diário Motor

A Mercedes-Benz apresenta o Arocs 8×4, primeiro caminhão extrapesado off-road da marca no Brasil. O grandalhão basculante foi desenvolvido aqui e é indicado para mineração, construção civil pesada e grandes obras de infraestrutura.

Segundo a montadora, o Arocs foi projetado para suportar situações extremas de operação, caracterizadas por topografias exigentes e rotas desafiadoras. Mesmo sob temperaturas extremamente altas ou baixas, mantém o padrão de desempenho e produtividade, devido também aos avanços em tecnologia e conforto para os motoristas.

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

“O Arocs traz em seu DNA a origem alemã, destacando-se pelo seu alto padrão de qualidade e eficiência. Aqui, no Brasil, ele foi desenvolvido e testado em operações severas fora de estrada e nos locais de trabalho de empresas que são referência no setor de mineração. Ou seja, esse nosso novo gigante off-road nasceu em operações reais brasileiras a partir da necessidade de nossos clientes”, aponta Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas e marketing Caminhões e Ônibus da Mercedes-Benz.

Esse inédito caminhão extrapesado com cabina global da família Arocs, tem capacidade técnica para até 58 toneladas de peso bruto total (PBT) e 150 toneladas de capacidade máxima de tração (CMT), conforme as condições de operação. E é um veículo preparado para receber básculas de 20 a 24 metros cúbicos de capacidade volumétrica de carga.

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

Consagrado na Europa, o Arocs ganha uma série de características específicas para atender o Brasil e outros países com condições extremas de operação fora de estrada. Produzido na planta brasileira da marca, ele será exportado, a partir do ano que vem, para países da América Latina e de outros continentes. Segundo a Mercedes, ele tem a maior disponibilidade e produtividade por tonelada de seu segmento.

Motorização forte

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

O Arocs chega ao mercado com um trem de força potente. O motor Mercedes-Benz OM 460 LA de 13 litros, consagrado no caminhão extrapesado rodoviário Actros, oferece uma potência de 510 cavalos com torque de 244,7kgfm. O câmbio é o automatizado PowerShift G340 de 12 velocidades.

De acordo com a Mercedes, a caixa é reforçada com engrenagens mais largas, o que aumenta a resistência e durabilidade da transmissão. E ele não possui anéis sincronizadores, o que significa menos demanda de manutenção. O câmbio ainda conta com auxiliar de partida em rampa e função Hold, que mantém o veículo freado mesmo se o motorista tirar o pé do pedal do freio.

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

A transmissão ainda conta com três modos de operação. O “Economy”, indicado para uso leve, em piso bom, especialmente quando vazio. O “Standard”, voltado para pavimentos bons e rampas suaves com o caminhão carregado, ambos otimizam o consumo. E o “Power Off-road”, para uso severo, em pistas de baixa aderência e rampas íngremes, permite maior controle do veículo por meio do pedal do acelerador.

O Arocs conta com conjunto de eixos traseiros HL7 + HD7 da MB, com redução nos cubos, garante a força conhecida da marca. A robustez está refletida na capacidade técnica de até 20 toneladas por eixo. O bloqueio de diferencial transversal e longitudinal é item de série. O freio a tambor e as cuícas verticais estão mais protegidas dos impactos do solo.

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

A robustez do extrapesado também está presente em elementos como a embreagem bidisco de 440mm, com torque máximo de até 336,5kgfm, solução consagrada na mineração. A espessura de cada disco é de 3mm. Essa embreagem oferece longa vida útil e mais disponibilidade do veículo, ou seja, mais rentabilidade para o cliente.

Maior robustez

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

A suspensão dianteira do Arocs é formada por molas parabólicas de quatro lâminas assimétricas, com capacidade de carga de nove toneladas para cada um dos dois eixos dianteiros direcionais. Já a traseira, foi otimizada para garantir uma maior durabilidade. Ela conta com molas parabólicas reforçadas de 100mm de largura, para maior estabilidade, rigidez e, portanto, vida útil mais longa.

Ainda com foco na robustez, o Arocs vem equipado com pneus OTR vocacionados para operações fora de estrada e com rodas reforçadas exclusivas. O para-choque e os faróis foram desenvolvidos para evitar danos e reduzir os custos de reparação. O sistema elétrico foi preparado para ambientes agressivos, estando protegido dos impactos naturais de pisos irregulares.

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

Como de costume, a Mercedes ouviu diversos clientes no desenvolvimento do Arocs, uma das funções pedidas e atendida pela marca foi o conjunto de freios. O sistema do extrapesado é a tambor nos eixos dianteiro e traseiro e conta com sistemas ABS e ASR. Já o freio de estacionamento é eletrônico, o que otimiza a segurança do caminhão.

Um dos pedidos atendidos pela marca foi a inclusão de um retarder a óleo. Em combinação com os demais sistemas de freio, o retarder Voith R115 HV oferece cerca de 900 cavalos de potência de frenagem a 2.300rpm, destacando-se por mais segurança e menor manutenção.

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocsq

Os tanques de combustível de 400 litros e de ARLA de 25 litros do Arocs são fabricados em material plástico de alta resistência. Suportam pequenos impactos sem sofrer ruptura e sem deformações residuais. Também a pedido dos clientes, os tanques foram instalados do mesmo lado do caminhão, o que facilita as operações nas condições severas da mineração.

Design à brasileira

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

Apesar de contar com um visual único, como o visto na grade dianteira, o Arocs se inspirou em outros modelos da marca. O para-choque dianteiro utiliza o mesmo sistema tripartido do Actros, o que facilita o reparo com baixo custo de manutenção. Para o Brasil, a marca adicionou um degrau a mais para o acesso ao interior do veículo.

A cabina conta com espelhos frontal e de rampa, degrau móvel no sentido longitudinal e transversal, para-choque tripartido, tomada de ar tipo ciclone com alta taxa de pré-separação de poeira, escapamento horizontal, saída dos gases de escape pela lateral e talas de fixação da báscula no chassi.

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

Por ser off-road, ele ainda conta com caixa do espelho em cinza fosco, espelho de aproximação, tampa de acesso externo ao compartimento de ferramentas, degrau e corrimão de acesso à báscula (opcional), janela na parede traseira, cobertura dos degraus, para-choque com cantos em aço e protetores de faróis, pino para reboque, protetor do cárter, mosquiteiro na frente do radiador, isolamento de ruído e bandeja contra poeira no motor.

Por dentro, a cabina recebe cinco camadas de pintura para maior proteção contra corrosão e impactos, ela mede 2.200mm de largura, 1.600 de altura em frente aos bancos e túnel baixo de 170mm. Além disso, ela foi desenvolvida com conceito de célula de sobrevivência e atende à norma ECE-R29 para maior segurança do motorista.

Mercedes-Benz Arocs
Mercedes-Benz Arocs

O interior conta com volante multifuncional, piloto automático, chave com controle remoto, painel de instrumentos com tela de 10,4 polegadas, ar-condicionado, alavanca do câmbio na coluna de direção, banco do motorista pneumático com cinto de segurança integrado, rádio MP3 com Bluetooth e porta USB, tomada de ar comprimido para limpeza interna, redes para objetos na traseira, preparação para câmera de ré e para rádio PX e dois porta-objetos internos com tampa atrás dos bancos com capacidade total de 430 litros.

Anuncie aqui
bannerads_neder