Formula 200 no Jardim Presidente, velocidade, técnica e segurança no maior campeonato de circuito de rua do Brasil

Os pilotos Marcelo Di Tripa Peixoto e Renato Balestra, 73 e 68 pontos, chegam à terceira etapa da Copa Goiás de Formula 200 praticamente no mesmo embalo

Os pilotos Marcelo Di Tripa Peixoto e Renato Balestra, 73 e 68 pontos, chegam à terceira etapa da Copa Goiás de Formula 200 praticamente no mesmo embalo e com a perseguição firme e próxima de Deoclecio Macedo, 66, Rones Cunha e Luciano Moura, empatados com 63 e Carlos Renato, 62. O rápido traçado da 3ª. etapa, marcada para este final de semana no Jardim Presidente nas ruas de Goiania, vai apresentar alternativas que têm tudo para estimular desafios e mudar panoramas. Com certeza serão convocadas todas as características dos Formulas 200 em velocidade, potencia, resistência e segurança, objetivos técnicos principais de seu projeto exclusivo.

FOTOS: ROGÉRIO ESTEVES

Pra começar, os chassis dos Formula 200 são construídos com tubos de aço sem costura e ligados com soldas especiais que produzem estruturas rígidas e flexíveis no ponto certo para suportar a intensa torção a que são submetidos durante as provas. Sem costura, porque este tipo de construção do tubo de aço, ao sofrer choque e dilacerar, não se abre em sentido longitudinal formando pontos agudos e afilados capazes de provocar cortes danosos nos usuários. Suportam, portanto, com inteira segurança, a velocidade provocada pela potencia dos motores, originais das motocicletas Honda CB200, 17 cavalos que chegam a 24 depois de preparados e administrados por câmbios próprios de 5 marchas. Estes conjuntos de powertrain foram projetados e produzidos pela fabrica japonesa para rodar nas ruas e nas estradas sob a condução de todo tipo de motociclista, sendo, por isso, quase eternos no uso especifico de competições, uma a cada mês e com manutenção completa após cada corrida.

FOTOS: ROGÉRIO ESTEVES

E a segurança dos Formulas 200, além dos detalhes que já foram expostos, ainda recebem cintos de segurança que evitam a ejeção do piloto e o risco de choque com outros competidores além de o fixar firmemente no assento permitindo todos os movimentos para uma pilotagem técnica completa. As provas deste final de semana serão, como reza o regulamento, nas noites de sexta feira e sábado, 24º e 25 de junho, a partir das 20 horas e contam com acomodações para o publico que tem entrada franca e é protegido por defensas metalicas.

FOTOS: ROGÉRIO ESTEVES

 

FOTOS: ROGÉRIO ESTEVES
Anuncie aqui
bannerads_neder

Rodas e Motores – revista eletrônica que veicula matérias jornalísticas sobre automóveis e motocicletas em sua mais ampla abrangência.

Contato

FACEBOOK