Ford cria divisão brasileira voltada para veículos comerciais

Segundo a marca, a nova área foi estruturada para oferecer uma solução completa aos clientes, com foco na produtividade e baixo custo de posse
Ford Transit

Por Diário Motor

Antes de decidir parar de produzir no Brasil, fechando todas as fábricas da marca no país, a Ford havia informado que voltaria a comercializar a linha de vans Transit por aqui. Com o fim da produção local, o plano para os modelos comerciais não foi alterado e, agora, a americana cria uma divisão brasileira de veículos comerciais.

Segundo a marca, a nova divisão atuará na região como parte da nova organização global Ford Pro, dedicada ao segmento profissional. A nova área de negócios nasce com uma estrutura dedicada de engenharia, manufatura, vendas, pós-vendas e experiência do consumidor, incluindo recursos de conectividade para oferecer uma solução completa aos clientes comerciais, com foco na produtividade.

“A Ford é líder mundial em veículos comerciais, conhece esse consumidor melhor do que ninguém. Com essa nova organização 100% dedicada ao segmento, vamos trabalhar com um só objetivo, que é garantir o menor custo de posse e o maior retorno para os nossos clientes”, aponta Guillermo Lastra, diretor de veículos comerciais da Ford América do Sul.

A Transit será o carro-chefe da nova divisão. Para o lançamento no Brasil e na América do Sul, a linha passou por um extenso programa feito pela engenharia brasileira no Centro de Desenvolvimento do Produto da Ford na Bahia e no Campo de Provas de Tatuí, no interior paulista, em parceria com os centros de engenharia da marca na Inglaterra e na Alemanha.

A família de vans será fabricada em uma nova planta no Uruguai, a quinta a produzir a Transit no mundo, ao lado da Turquia, Rússia, China e Estados Unidos. A fábrica foi construída em parceria com a Nordex com um investimento de US$ 50 milhões, aproximadamente R$ 260,7 milhões. 

A linha será produzida inicialmente no modelo de passageiros, ou Minibus, nas versões para 15 ou 16 ocupantes, e 18 ou 19 ocupantes, incluindo o motorista, adaptadas em um ModCenter específico, além da chamada versão vidrada, sem bancos, para o cliente configurar como for preciso. 

A versão de carga, ou Furgão, chega logo depois com as opções de cabine média ou longa, também configuráveis de acordo com as necessidades do cliente.

A Ford desenvolveu ainda uma rede de transformadores e adaptadores certificados para fazer as modificações que o cliente precisar na Transit, com suporte técnico e garantia de qualidade.

De acordo com a marca, toda a rede Ford vai vender e dar assistência para a Transit, com mais de 100 concessionárias preparadas com ferramental, estoque de peças, técnicos treinados, boxes exclusivos e horários flexíveis para garantir uma manutenção rápida e de qualidade em todas as regiões do Brasil. O cliente terá também um canal exclusivo na Central de Atendimento Ford com assistência 24 horas, sete dias por semana.

Anuncie aqui
bannerads_neder