Em 5 anos de Brasil, Jeep Compass passa das 315 mil unidades produzidas

O líder disparado entre os SUVs médios é feito em Goiana (PE), conheça cinco curiosidades sobre o utilitário
Jeep Compass

Por Diário Motor

Em 2016, a Jeep apresentou um modelo não exatamente inédito, mas completamente novo, o Compass. O SUV médio, que era vendido no país desde 2012, ganhava uma nova geração produzida no Brasil e totalmente diferente da até então importada. 

Completando cinco anos desde o seu lançamento, em outubro de 2016, o SUV logo caiu nas graças do público, liderando com folga entre os utilitários médios e até no geral também. Com isso, já saíram 315 mil unidades da planta de Goiana, em Pernambuco, sendo mais de 280 mil dessas comercializadas no Brasil.

As outras 35 mil unidades foram enviadas para 16 países onde o Compass brasileiro é exportado, são eles, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, El Salvador, Guatemala, Honduras, México, Nicaragua, Panamá, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela.

“O Compass é um verdadeiro case de sucesso da Jeep. Ele chegou com a função de ditar um novo rumo para o mercado de SUVs, o que de fato cumpriu. Inclusive, trouxe para a sua categoria um alto nível de tecnologia, sofisticação e design”, aponta Alexandre Aquino, diretor do Brand Jeep para a América Latina. 

Em comemoração aos cinco anos de produção da atual geração do Compass no Brasil, a Jeep divulgou cinco curiosidades sobre o utilitário médio por aqui. 

1 O modelo é o único que conta com motor turbo diesel em seu segmento. 

2 Branco é a cor mais vendida do Compass e a versão Longitude flex é a queridinha dos brasileiros.

3 Em sua plataforma atual, o Compass é um modelo global, mas o Brasil foi o primeiro a fabricá-lo. Depois, passou a ser produzido em outros quatro países: México, China, Índia e Itália, anteriormente, o modelo foi produzido nos EUA e começou a ser importado para cá em 2012. 

4 O SUV é comercializado em mais de 100 mercados de todo o mundo. 

5 São Paulo (SP) é a cidade que mais compra o Compass por aqui. Depois dela, Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), Brasília (DF) e Fortaleza (CE) seguem no ranking.

Anuncie aqui
bannerads_neder