BYD planeja ampliar rede de carregadores de veículos elétricos no Brasil

BYD planeja ampliar rede de carregadores de veículos elétricos no Brasil

Atualmente, a marca conta com 29 pontos espalhados por seis estados. A previsão é dobrar este número em todo o país
Carregador BYD

Por Diário Motor

Antes mesmo de pensar em iniciar a operação de veículos no Brasil, BYD já contava com uma rede de carregadores espalhados por seis estados do país. Com o início das vendas por aqui em 2022, a marca pretende mais que dobrar os pontos de recarga. 

Atualmente, são 29 pontos distribuídos por São Paulo, Rio de Janeiro, Pará, Minas Gerais, Paraná e no Distrito Federal. Sendo que SP conta com 21, RJ com outros quatro e os demais locais com um carregador cada. 

A projeção da BYD é que esse número cresça ainda mais com o início da comercialização dos veículos da marca. Até o final do próximo ano, a montadora pretende contar com uma rede de 35 concessionárias nas principais cidades brasileiras. De início, a ideia é que cada loja tenha, no mínimo, um ponto de recarga.

“Antes mesmo da chegada do TAN EV ao mercado, já estruturamos nossa rede de carregadores de bateria elétrica do país e vamos ampliá-la cada vez mais. Isso mostra o comprometimento da marca com a frota de veículos elétricos no Brasil”, aponta Henrique Antunes, diretor de vendas da BYD Brasil. 

Todos os carregadores instalados nos quase 30 pontos disponíveis da BYD são do Tipo 2 Padrão Europeu de 40kW. Com a chegada dos novos carros, serão homologadas novas parcerias, uma vez que a empresa ainda não dispõe do padrão DC, que é um carregador de carga mais rápida.

“Queremos ousar mais. Nossa ideia é, além de oferecer o modelo, ter um pacote completo para o consumidor. A futura rede de concessionárias da marca irá comercializar o projeto completo como painéis fotovoltaicos, carregadores, banco de baterias para a casa, além do próprio veículo”.

AdvertisementAdvertisement