Brasil ultrapassa a marca de um milhão de motos produzidas em 2021

Segundo a Abraciclo, a indústria nacional atinge o melhor resultado entre janeiro e outubro desde 2015
Linha de produção de motocicletas BMW

Por Diário Motor

De janeiro a outubro, as montadoras instaladas no Polo Industrial de Manaus (PIM), produziram 1.004.983 motocicletas, crescimento de 28,1% (784.421) referente ao mesmo período do ano passado, segundo dados da Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo). 

De acordo com a entidade, este é o melhor resultado no período desde 2015, quando mais de 1,1 milhão de unidades saíram das linhas de produção no PIM. 

“A indústria mostra uma evolução positiva em sua curva de produção ao longo deste ano. Com isso, conseguimos ultrapassar a marca de um milhão de unidades produzidas até outubro. Esse número é ainda mais significativo quando analisamos o contexto do ano, que começou com um primeiro bimestre muito difícil devido a segunda onda da pandemia do coronavírus em Manaus. Desde então as fabricantes têm imposto um ritmo intenso na produção para atender a demanda”, aponta Marcos Fermanian, presidente da Abraciclo.

Em outubro, saíram das linhas de montagem 108.456 motocicletas, resultado praticamente idêntico às 108.931 unidades produzidas em setembro. Em relação ao mesmo mês de 2020, houve alta de 19,3% (90.880 unidades).

A associação acredita que a procura pela motocicleta se mantenha aquecida devido às altas seguidas nos preços dos combustíveis. Sem falar que o veículo é instrumento de trabalho para quem atua nos serviços de entrega e é uma opção de deslocamento seguro para evitar a aglomeração do transporte público. 

Ainda de acordo com os dados da Abraciclo, de janeiro a outubro, foram emplacadas 937.971 motocicletas, crescimento de 29% na comparação com o mesmo período de 2020 (726.973). Outras 46.947 unidades foram exportadas, um aumento de 79,8% (26.109) em relação a 2020.

Anuncie aqui
bannerads_neder